Espaço Publicitário

"Nunca antes se tinha consumido tanto café", diz Robério Oliveira

30/10/2015

 

 

Com um consumo anual de quase 150 milhões de sacas, nunca antes se tinha consumido tanto café no mundo, o que abre importantes oportunidades para os cafeicultores colombianos, disse o diretor executivo da Organização Internacional de Café (OIC), Robério Oliveira.

 

Todos os indicadores apontam, disse Oliveira, a um maior crescimento na demanda no futuro. Em 2025, aumentaria para 175 milhões de sacas. O crescimento do consumo interno nos países produtores como Colômbia, nos mercados emergentes e o maior dinamismo dos segmentos de cafés especiais de alta qualidade representam bons incentivos para os cafeicultores.

 

Oliveira disse que o consumo de café nos países produtores alcança 46 milhões de sacas por ano (31% da demanda mundial) e destacou que, no caso da Colômbia, graças a programas como Toma Café, o crescimento do consumo interno, pouco mais de 5% anual, foi mais dinâmico.

Na última década, os mercados emergentes, como China, Rússia e Coreia do Sul, fizeram a maior contribuição à demanda mundial, com um crescimento médio de 6,5% anual, seis vezes mais que nos mercados tradicionais, já maduros.

 

No entanto, a maturidade nos mercados tradicionais tem vigorizado com novas tendências de consumo, o que inclui cafés especiais e origens e preparações diferenciadas. “Passou de ser um produto básico para ser um produto associado a um estilo de vida”.

 

“Há a necessidade urgente de aumentar a produtividade das fazendas e melhorar o acesso aos mercados, enquanto se promove a igualdade de oportunidades, para que homens e mulheres cafeicultores produzam de maneiras mais sustentáveis, mais café e de melhor qualidade”.

 

Please reload

Espaço Publicitário

1/2
Notícias
Please reload

Copyright (c) 2018 COCATREL. Todos os direitos Reservados