Edital de Convocação - Assembleia Geral Extraordinária

Atualizado: 19 de Out de 2018


Marco Valério Araújo Brito, Diretor Presidente da Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Três Pontas Ltda., convoca os senhores associados para se reunirem em ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a ser realizada no dia 23 de outubro de 2.018, no auditório da COCATREL, localizado à Rua Bento de Brito, 110, Centro, Três Pontas/MG, em primeira convocação, às 15:00hs., com a presença de dois terços do número de associados em condições de votar, em segunda convocação, às 16:00hs., com a presença de metade mais um dos associados e, em terceira e última convocação, às 17:00hs., com a presença de, no mínimo, dez associados, com intuito de deliberarem sobre a seguinte ordem do dia:


· Reforma e adequação parcial do Estatuto Social.


Para efeito de cálculo do quórum de instalação da assembleia objeto do presente edital, informa-se que o número de associados existentes nesta data é 5.367.


Três Pontas, 24 de Setembro de 2.018.

Marco Valério Araújo Brito

- Diretor Presidente


A Cocatrel realizará Assembleia Geral Extraordinária, no dia 23 de outubro, com o objetivo de adequar dez artigos do seu Estatuto Social à atual realidade da cooperativa. A última reforma realizada foi em 1998, quando teve apenas a finalidade de adesão ao RECOOP (Programa de Revitalização das Cooperativas de Produção Agropecuária) que, desde 2009, deixou de vigorar, sendo, a retirada desse artigo, uma das adequações propostas.


Outras adequações serão sugeridas, como a mudança da área de ação da Cocatrel, que pelo Estatuto Social se restringe, apenas à Minas Gerais, para abranger todo o território nacional. Além disso, a ampliação dos objetivos da cooperativa, para constar as vendas a prazo/financiamentos para a aquisição de produtos nas lojas, bem como as novas formas de negociações, que visam fomentar a atividade agrícola, como o barter, será de extrema importância.


Atualmente, o Estatuto Social não prevê a possibilidade de outras cooperativas fazerem parte do quadro social da Cocatrel e nem que pessoas jurídicas (agropecuárias e consórcios simplificados de produtores rurais) sejam representadas, por meio de procuração, nas assembleias. Estas são questões que precisam de adequações.

Outros assuntos abordam a alteração da redação do artigo sexto, que, por causar dúvidas de interpretação, precisa ser mudada, para evitar discussões em relação à realização de compra e venda, a termo e CPR. Outra redação também precisa ser modificada, no artigo que fala sobre o prazo de prescrição das obrigações assumidas por cooperados falecidos, para que fique de acordo com a legislação nacional vigente.


A redução do valor do capital mínimo, para evitar dúvidas e discussões quanto ao valor nominal de cada cota, também é uma proposta a ser estudada.


A Cocatrel tem trabalhado bastante para melhorar todos os serviços e remunerar melhor seus cooperados, para tanto, um aumento no fundo de investimento, visando fomentar a realização e manutenção dos investimentos necessários à cooperativa, será proposto pelo Conselho de Administração para possível aprovação da Assembleia.


Por fim, é sugerida a criação de um artigo prevendo a possibilidade de que, os próprios diretores, sendo autorizados pelo Conselho de Administração, definam as atribuições de responsabilidade de cada um, podendo delegar ou assumir funções uns dos outros.


A Assembleia é soberana e a participação de cada um de vocês, cooperados, é muito importante para que juntos, possamos construir uma cooperativa cada vez mais unida, transparente e em constante desenvolvimento. Contamos com a presença de vocês.

Copyright (c) 2018 COCATREL. Todos os direitos Reservados